secretariado@spzn.pt https://www.spzn.pt/uploads/seo/big_1714128161_9668_big_1711985899_8530_spzn_logo_new.png

50.º Aniversário do SPZN contou com Conferência "Meio Século" que juntou antigos presidentes


2 Maio 2024

Atualidade

50.º Aniversário do SPZN contou com Conferência

O Sindicato dos Professores da Zona Norte celebrou, esta terça-feira, dia 30 de abril de 2024, os seus 50 anos de existência, promovendo um conjunto de iniciativas.

A criação deste Sindicato, na noite de 29 para 30 de abril de 1974, nasceu da vontade dos professores de se unirem para serem mais fortes e, juntos, lutarem em prol de uma causa comum: a Educação de qualidade para todos.

O SPZN celebra, então, esta data junto a todos os seus sócios, desde os seus fundadores àqueles que continuam a juntar-se, a participar e a fortalecer este sindicato.

Como tal, de forma a assinalar este marco temporal, a Direção daquele que foi o primeiro Sindicato de Professores de Portugal promoveu a Conferência “Meio Século” com a presença dos antigos presidentes.

A dar início às celebrações, foi hasteada a bandeira dos 50 anos na sede do sindicato, no Porto. Posteriormente, decorreu a inauguração da galeria de fotos dos antigos presidentes: Manuela Teixeira (representada por Luís de Melo), Natércia Cardeano, João Dias da Silva e Lucinda Dâmaso.

Num momento de reconhecimento do trabalho feito em prol da Educação e do sindicalismo em Portugal, o presidente do SPZN, Pedro Barreiros, pediu um minuto de silêncio em homenagem à primeira presidente do sindicato, Manuela Teixeira.

Concluída a inauguração, por volta das 11 horas, procedeu-se ao início da Conferência “Meio Século”, no auditório do SPZN, em que os antigos presidentes, ali presentes, puderam dar um testemunho, na primeira pessoa, dos momentos mais marcantes da História do SPZN. Assim, a conferência iniciou-se com a moderação de Maria Arminda Bragança, que passou a palavra a cada um dos presidentes.

Pelas suas vozes, deu-se a conhecer os momentos árduos – mas esperançosos – experienciados nos primeiros anos do movimento sindical. A essas fases menos boas, juntar-se-iam outras tantas, num percurso que, de forma unânime, descreveram como nunca tendo sido fácil. Não obstante, foi nos momentos mais desafiantes que o SPZN deu provas da sua força, continuando sempre a lutar por uma Educação de qualidade.

Apontando o diálogo como a melhor forma de se fazer sindicalismo, todos os antigos presidentes destacaram o papel fundamental do SPZN nas negociações com a tutela, onde se tornou evidente a sua atuação ponderada, mas assertiva.

No discurso de encerramento, Pedro Barreiros, presidente do SPZN, destacou a palavra “ação” como representativa do trabalho do sindicato, ao longo destes 50 anos.

Esta foi uma iniciativa enquadrada num vasto conjunto de atividades que se vão prolongar até ao final do mês de abril de 2025.

Galeria de Fotos:


Notícias Relacionadas

12 junho - Dia Mundial contra o Trabalho Infantil

12 junho - Dia Mundial contra o Trabalho Infantil

O dia 12 de junho, Dia Mundial contra o Trabalho Infan...

2 Maio 2024

Esclarecimentos sobre o Acordo FNE e MECI de recuperação do tempo serviço

Esclarecimentos sobre o Acordo FNE e MECI de recuperação do tempo serviço

O acordo entre a FNE e o Ministério da Educação, Ciê...

2 Maio 2024

Comissão da Juventude SPZN sobre acordo assinado entre a FNE e o MECI

Comissão da Juventude SPZN sobre acordo assinado entre a FNE e o MECI

A Comissão da Juventude do Sindicato dos Professores da Zon...

2 Maio 2024

Em dia de reencontros, SPZN celebra 50 anos com todas as delegações

Em dia de reencontros, SPZN celebra 50 anos com todas as delegações

No passado dia 18 de maio de 2024, o Sindicato dos Professor...

2 Maio 2024